sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

FILMES || A Street Cat Named Bob


Lembrei-me imediatamente da Lani quando o meu namorado apontou para o título do filme e perguntou "Vemos este?". Li a sua review do filme e fiquei super curiosa, portanto, aquele convite era a oportunidade perfeita. A Street Cat Named Bob conta a história de James, com muitos traços físicos de Chris Martin e com graves de Eddie Vedder. 

James é um sem-abrigo viciado que falha sucessivamente todos os programas de reabilitação a que se submete. A fome, o desespero e o vício tornam-se cada vez mais insuperáveis e acabam por levá-lo a apanhar o derradeiro susto da sua vida, que o faz reagir e lutar por uma mudança de comportamento e atitude. É no meio deste processo complicado que se cruza com Bob, um pachorrento e adorável gato que, quase sem querer, transforma completamente a vida de James.

A premissa do filme é mesmo esta. É simples, sem peneiras e é o facto de contar a história tal como ela é que torna o filme tão envolvente e capaz de captar a nossa atenção. Tem momentos chocantes - não creio que seja tanto na questão da sensibilidade visual mas sim na questão moral, momentos que nos revoltam e deixam frustrados, que nos impelem a exprimir uma emoção - mas é, curiosamente, um filme muito agradável de se assistir, com o equilíbrio certo entre momentos pesados e de humor estratégico.

Vocês já sabem que adoro escutar/ler histórias de superação e saber/conhecer realidades contrastantes à minha. Por vezes essas realidades convivem em paralelo com a nossa, por muito distintas que sejam e esta é uma delas. Torna-se ainda mais especial por Bob. Adorei o pormenor de tentarem fazer a visão do gato, morri de amores pelos seus olhinhos adoráveis, pela sua meiguice fora do vulgar (é tão parecido com o Óscar!!!) e acho que é impossível não criarmos um laço com James. É mesmo um filme bom de assistir.

10 comentários:

  1. Ando a querer ler o livro há imenso tempo e nem tinha noção que já havia uma verão cinematográfica. Tenho mesmo que experimentar!
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  2. O livro é ainda melhor. E palmas para o Bob, que fez de si próprio :D

    ResponderEliminar
  3. Nunca tinha ouvido falar... parece uma boa aposta para o fim-de-semana!
    http://sunflowers-in-the-wind.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  4. Parece ser o tipo de história que me conquista =)

    ResponderEliminar
  5. Não conhecia mas acho que vou ver este fim de semana!

    Beijinhos
    That Girl

    ResponderEliminar
  6. Pergunto-me se a ideia do Bob tem alguma coisa a ver com o Breakfast at Tiffany's (filme), por alguma razão lembrei-me logo disso porque o gato também marca a viragem da personagem! (olhem para mim a fazer correlações e ainda nem vi este filme ahah)
    Fiquei curiosa com o filme, adoro tudo o que seja animais que mudam a vida dos donos (desde as versões mais lamechas às mais sérias). Vou sem dúvida vê-lo quando tiver tempo!

    Marta Rodrigues, Majestic

    ResponderEliminar
  7. Se gostaste do filme, tens de ler o livro! Como sempre o livro é sempre melhor, apesar de o filme estar bem representado :)
    😚

    ResponderEliminar
  8. Desconhecia o filme, mas fiquei curiosa para vê-lo, depois de ler a tua opinião :)

    ResponderEliminar
  9. Estava à procura de um filme para ver hoje e já sei qual será! Thank youuu 😉

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)