sexta-feira, 4 de agosto de 2017

LIVROS || Licenciei-me... E Agora?


Entrar na Faculdade é, finalmente, levantar um véu de veludo opaco que nos ocultava os grandes desafios, segredos e realidades que teríamos de enfrentar. Quando nos começamos a ambientar à nova etapa, tudo fica mais simples e possível. 
Mas quando terminamos a licenciatura e dão-nos o canudo para a mão, vemos um outro véu de veludo à nossa frente, muito mais assustador. Há um ano que estou licenciada e vi-me no meio dos lobos e sem saber se aquilo que estava a fazer era o suposto, se era natural ou sequer se estava bem feito. Era uma sensação de improvisação sem guia que me devorava - nos devorava, não era nem nunca serei a única - e que só me fazia perguntar, no final do dia "Mas o que ando a fazer? E o que estou a fazer está bem feito?"

Sinto que foi a partir destas mesmas dúvidas e "pontas soltas" que a Catarina se agarrou para escrever este livro. É sempre uma enorme sensação boa e de orgulho quando vês alguém cujo trabalho acompanhas há muito tempo, finalmente atingir mais uma meta, especialmente quando essa meta é algo tão grande como um livro. Dei pulos de alegria quando vi que a Catarina teve a cortesia de me oferecer um exemplar, ao qual eu agradeço profundamente.

Licenciei-me... E Agora? responde às perguntas mais simples que formulamos na nossa cabeça assim que metemos um pé fora da Faculdade. Não subestimem: por serem perguntas simples e muito naturais da nossa cabeça, não significa que não sejam legítimas e com milhões de possibilidades de resposta. A Catarina apresenta-nos algumas dessas possibilidades, sempre com o seu background profissional como alicerce para os seus conselhos, dicas, truques e conclusões, o que eu achei fantástico e admirável.

Não são só vocês que não sabem se devem responder aquele anúncio de emprego ou seguir outro caminho. Se devem permanecer na mesma área ou arriscar em algo novo. Se fazem um CV Europass ou experimentam um novo design. Ou como se escreve uma carta de apresentação. Ou o que dizer numa entrevista e como responder a um e-mail. Não são os únicos que estão no barco "como é que crio presença no mundo profissional?". Estamos todos e este livro traz esse aconchego: não estás só e nenhuma das tuas dúvidas é absurda ou impossível de resposta. 

Existem vários pormenores que me fizeram adorar a sua leitura, entre eles, a inclusão de testemunhos muitos distintos, que nos fazem conhecer várias perspectivas sobre o mesmo assunto - e conseguir abrir um pouco mais a mente em relação a muitos aspectos profissionais -, e o equilíbrio entre o percurso pessoal da autora e a sua estrutura prática e objectiva, fazendo com que a informação fique muito clara e concisa mas sem se tornar num livro demasiado técnico e aborrecido. Não é banha de cobra: efectivamente este livro pode ser a bengala para alguém que se vê completamente perdido sobre como agir, apresentar-se, procurar ou até investir o seu tempo no mundo profissional. Não vai traçar o caminho que vocês precisam para chegar ao sucesso, mas é um bom treinador para que vocês consigam chegar lá com a vossa personalidade e talento. E isto era muito urgente!

Já sou licenciada há um ano e já me lancei aos lobos. Claro que não pude deixar de me identificar com inúmeros pontos deste livro, incluindo o estágio curricular que não termina bem - e nunca se sintam falhados se o vosso também não for de sonho -, abraçar um emprego que nada tem a ver com a vossa área de formação - foi o meu primeiro emprego e foi maravilhoso, aprendi tanto e gostei tanto de lá estar! -, receber dicas muito fortes sobre o meu CV - obrigada Dinis! - e sentir que a minha paixão por uma coisa tinha morrido e sentir-me culpada por isso. Tudo isto eu vivi e a Catarina também, só que ela conseguiu transformar todas estas experiências em dicas e aprendizagens maravilhosas que eu jamais seria capaz de fazer, mas que acho importante que as conheçam. Porque vão estar mais preparados para vivê-las do que talvez eu e a Catarina tenhamos estado. É maravilhoso!

Não risco em livros e não os sublinho. Mas não conseguem imaginar as dezenas de excepções que abri neste livro para marcar dicas valiosas, truques fantásticos e links úteis. Se tivesse de entregar apenas uma palavra ao Licenciei-me... E Agora?, seria: útil. Também eu continuo a viver os meus desafios profissionais e também continuo perdida em alguns assuntos e o livro ajudou-me não só a esclarecer muitas dúvidas como também a sentir-me mais confiante por ver que algumas das acções que fazia, desconhecendo se estavam bem feitas ou pertinentes, eram cruciais.

Recomendei-vos o Faz o Teu Curso na Maior, para quando mergulhassem na vida académica. Agora recomendo-vos - vezes e vezes sem conta - o Licenciei-me... E Agora? quando mergulharem na vida profissional. Muitos, muitos parabéns, Catarina, por todo o trabalho e dedicação - muito visíveis - que depositaste neste livro e que, acredito, é uma bóia salva-vidas para muita gente. Pelo menos foi para mim, confesso.

Autora: Catarina Alves de Sousa
Número de Páginas: 183
Disponível na WOOK (ao comprares o livro através deste link, estás a contribuir para o crescimento do Bobby Pins)

9 comentários:

  1. Já estive com um livro desses na mão... mas pousei-o, pois achei que, no meu caso, não seria exatamente relevante. O trabalho que espero ter depois de terminar o Mestrado é alcançado por concurso publico, onde não entram entrevistas nem curriculos, por isso acabei por "desistir" de o comprar... por agora. Mas por acaso li o "Faz o teu curso na maior", que talvez esteja na altura de reler para ver que perspetivas tenho agora, depois de 4 anos de ensino universitário :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Achei super curioso o teu comentário porque uma amiga minha que é da tua área - ensino, se não me engano? - teve precisamente o reflexo contrário porque queria ter uma ideia mais abrangente sobre o mundo profissional em Portugal e porque quer estar preparada (ou pelo menos ter um leve conhecimento) do que pode fazer se o concurso público não der certo ou se decidir que aquele não é o caminho que quer seguir. De facto, o livro não é adaptável a tooooodas as profissões (nem tal seria possível) mas intriga-me sempre que tanta gente vá escolhendo este tipo de livros pelas razões mais distintas - e menos óbvias, por vezes :)

      Eliminar
    2. No meu caso, é praticamente certo que em poucos anos terei lugar no concurso público... até lá, na minha área (ensino de matemática), tem um bem: há sempre um grande recurso a explicações, tanto em casa como em centros de estudos, o que dá uma vantagem. Mas ainda assim fiquei curiosa com este livro, desde que comecei a vê-lo pelas redes sociais, por isso não é improvável que um dia o vá ler... por agora não me chama muito, mas nunca se sabe :)

      Eliminar
  2. Vejo-me neste momento no meio dos lobos, sem saber bem para onde me virar e falares deste livro pareceu obra do destino! Obrigada pela partilha! :)

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigada pela partilha! Acho que me vai dar bastante jeito!

    Beijinhos
    That Girl | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER

    ResponderEliminar
  4. Estou mesmo muito curiosa em relação a este livro! Como acabo de me licenciar, as perguntas ainda são muitas e parece-me que talvez seja este o manual de que preciso :p
    http://www.laveinechronicles.com/

    ResponderEliminar
  5. Este livro e o testemunho da Catarina parecem ser uma verdadeira bóia de salvação para quem, de repente, é lançado no mar do mundo do trabalho, sem saber por onde começar. Estou muito curiosa.

    ResponderEliminar
  6. E a curiosidade aumentou exponencialmente! Juntou-se a arte da Catarina e a tua belíssima forma de escrever e resultou numa vontade incomparável de adquirir já, já, já o livro.
    Quando o ler, vou tomar atenção a todos os detalhes que referes e tentar interiorizar tudo e mais alguma coisa.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Este parece ser o livro perfeito para eu ler, nesta altura da minha vida.
    Também me licenciei há um ano, como tu, e desde então sinto que não encontrei um rumo certo. Tenho vontade de fazer tudo ao mesmo tempo.
    Quando estudava, tinha imensa vontade de terminar e, agora que terminei, dou mesmo por mim a pensar "e agora?".
    Muito obrigada pela partilha, vou procurar por esse livro!

    ResponderEliminar

Quaisquer comentários que visem a ofender e/ou afectar a minha integridade, dos meus leitores, comentadores, bloggers ou entidades que refiro nas minhas publicações não serão aceites.

Quaisquer questões colocadas serão respondidas na própria caixa de comentários!

Muito obrigada por estares aqui :)